• Galeria de Fotos

    Parque da Luz + Museu Cata Vento = Diversão!

    Parque da Luz + Museu Cata Vento = Diversão!

    Parque da Luz + Museu Cata Vento = Diversão!

    Mais fotos
  • ComTwitter.Com

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Lançamento do livro “As cores da urbanidade”


cópia de Cartaz A3_FINAL OK 11 abril laranja sem marcasO trabalho técnico social da Companhia Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) como parte substancial do projeto para a recuperação ambiental da Serra do Mar, em Cubatão (SP), é tema central do livro “As cores da urbanidade”, da jornalista Lorette Coen. Publicada em português e inglês, a obra será lançada nesta quinta-feira, 27 de abril às 19h, em evento realizado pelo Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. A entrada é gratuita.
A autora relata o trabalho sociocultural integrado a um plano de requalificação urbana que acompanha a intervenção do Governo do Estado nos bairros-cota de Cubatão, no âmbito do Programa Serra do Mar. As inúmeras imagens que ilustram o livro foram registradas, ao longo desse processo, pelo Projeto Com Com de comunicação comunitária, que integra o trabalho social da CDHU.
Nos bairros-cota, um pequeno laboratório urbanístico se instalou e as suas experiências são narradas e analisadas no livro. Uma metamorfose ocorre no local: no bairro Cota 200, moradores tornaram-se habitantes de uma vila colorida, decorada e equipada, provida de ruas e espaços públicos, onde antes eram vielas sem infraestrutura. Esses moradores são atores dessa mudança, visível em suas moradias, nas paredes pintadas e nos mosaicos, que espelham sua identidade.
Lorette Coen, que também é ensaísta e curadora de exposições, descreve no livro o processo, as resistências, os obstáculos e as formas da ação. Mostra como um trabalho artístico alimentou e fortaleceu o projeto social, assim como contribuiu para a construção da confiança entre a população e a equipe do projeto estadual.
“Com a realização deste lançamento o MCB se coloca mais uma vez como espaço que centraliza o debate das questões ligadas à urbanização, ocupação do território e cidadania, consolidando sua vocação para os temas em questão”, afirma Miriam Lerner, diretora geral do Museu da Casa Brasileira.
O trabalho técnico social da CDHU junto às comunidades não se limita ao reassentamento das famílias residentes na Serra do Mar. São atividades e projetos voltados à cidadania, cultura, identidade com o espaço habitado, promoção da autonomia e emancipação comunitária, requalificação profissional, geração de renda e sustentabilidade.
A metodologia utilizada está centrada na promoção de ações voltadas à participação e ao engajamento efetivos da população, concretização de espaços de fortalecimento da cidadania e no desenvolvimento sustentável do território. Com a mudança uma nova identidade comunitária, surge e busca-se a valorização da identidade existente das pessoas antes do processo.
Entre os trabalhos desenvolvidos estão os projetos “Agentes Comunitários de Urbanização”, pelo qual são formados interlocutores da comunidade com a CDHU; “Arte nas Cotas”, de oficinas artísticas de pintura, estêncil e mosaico; “ComCom”, que produz programas de rádio, debates, entrevistas e matérias para o jornal da comunidade; “Núcleo de Economia Solidária e Desenvolvimento Local”, que desenvolve atividades de geração de renda; “Cota Viva”, com objetivo de promover ações práticas e educativas de meio ambiente; e “Turismo de Base Comunitária”, voltado à sustentabilidade do novo bairro.

Programa Serra do Mar
O Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar é um dos principais projetos do Governo de São Paulo para promover a conservação, o uso sustentável e a recuperação socioambiental do Parque Estadual da Serra do Mar. Iniciado em 2007, o programa é desenvolvido pelas secretarias estaduais da Habitação e Meio Ambiente e tem como parceiro o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Com um investimento total de U$ 470,1 milhões, a viabilização do projeto foi possível graças à parceria com o BID, que financiou 35% dos recursos, um montante de U$ 162,4 milhões. A contrapartida do Governo de São Paulo e demais parceiros é de U$ 307,7 milhões. A intervenção em Cubatão abrange cerca de 7 mil famílias, num total aproximado de 26 mil moradores em seis núcleos de favela. Até dezembro de 2016, o programa removeu mais de 4 mil famílias de áreas de risco ou de preservação ambiental. Além de novas moradias, a Companhia executa obras de urbanização nos bairros Cota 200 e Pinheiro Miranda, áreas já consolidadas, que beneficiarão quase 2 mil famílias.

Sobre o MCB
O Museu da Casa Brasileira (MCB), instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação contempla exposições temporárias e de longa duração, além de uma agenda com debates, palestras e publicações que contribuem na formação de um pensamento crítico em temas diversos como urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre as inúmeras iniciativas do MCB, destacam-se o Prêmio Design MCB, principal reconhecimento do segmento no país, realizado desde 1986, e o projeto Casas do Brasil, cujo objetivo é resgatar e preservar a memória sobre a diversidade do morar do brasileiro.

FICHA TÉCNICA
As cores da urbanidade
Autora: Lorette Coen
Editora:
Número de páginas:

SERVIÇO

Lançamento do livro: As cores da urbanidade
27 de abril, quinta-feira às 19h – entrada gratuita
Local: Museu da Casa Brasileira (11) 3032.3727
Av. Brig. Faria Lima, 2705 – Jd. Paulistano

Museu da Casa Brasileira
Visitação
De terça a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: R$ 8 e R$ 4 (meia-entrada) | Crianças até 10 anos e maiores de 60 anos são isentos | Pessoas com deficiência e seu acompanhante pagam meia-entrada
Gratuito aos finais de semana e feriados
Acesso a pessoas com deficiência
Bicicletário com 40 vagas | Estacionamento pago no local

Visitas orientadas: (11) 3026.3913 | agendamento@mcb.org.br | http://www.mcb.org.br

Informações para a imprensa – Secretaria da Habitação/ CDHU
(11) 2505-2747 / 2399 / 2870

Informações para a imprensa – Museu da Casa Brasileira
Luciana Tamaki – (11) 3026.3910 | comunicacao@mcb.org.br
Bruno Dória – (11) 3026.3900 | analistacomunicacao@mcb.org.br

Informações para a imprensa – Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo
Gisele Turteltaub – (11) 3339.8162 | gisele@sp.gov.br
Viviane Ferreira – (11) 3339.8243 | viferreira@sp.gov.brCartaz A3_FINAL OK 11 abril laranja sem marcas

Rádio Com Com


Agora a sua rádio favorita já está também no Google Play!

Curta a programação da Rádio Com Com feita com muito carinho pra você com as produções de Pimentas (São Paulo) e bairros Cota (Cubatão)!

14067850_1811485792417609_337797361527634251_o

É fácil, baixe o aplicativo e tenha boa música e informação de primeira:

Certificação revelando talentos nos projetos sociais


Ontem foi dia de festa e de celebrar o trabalho desenvolvido pelos alunos dos projetos sociais da CDHU na Certificação que aconteceu no Jardim Europa na Cota 200.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além das peças decorativas confeccionadas no Curso de Manufatura de Resíduos Sólidos para Jardinagem, Paisagismo e Floricultura do Cota Viva, que trouxeram beleza aos visitantes, rolou sessão de cinema com os curtas “Liberdade” e “Amaldiçoada”, produções dos alunos de Vídeo Ficção e Mostra Fotográfica de Pinhole, ambas do Projeto Com Com.

 

Parabéns a todos que emprestaram seu lado criativo a este dia de certificação com momentos de plena interação com a comunidade local e visitantes!

Workshop de interpretação!


O Curso de Interpretação para TV, Teatro e Publicidade do Projeto Com Com apresenta técnicas que constituem a chamada arte de ator, desenvolvendo, assim, novos métodos para a criação teatral.

a4_curso-de-interpretac%cc%a7a%cc%83o

Aprimorando as habilidades pessoais de cada participante também atende às mais diferentes formas de linguagem cênica e expressão corporal, onde o ator /aprendiz está em primeiro plano, sob os holofotes.

Serão duas turmas:

COTA 200
DIAS: 13,15, 20, 22, 27 e 29 de Setembro
LOCAL: EAT – JARDIM EUROPA

PINHAL DO MIRANDA
DIAS: 11, 15,18, 19 20, 25 e 27 de Outubro
LOCAL: PROJETO COM COM
FAIXA DO OLEODUTO, 05-A, PINHAL DO MIRANDA

HORÁRIO: 14 AS 16 HRS

Saiba mais:

projetocomcom@gmail.com

(13) 3377-1570

 

Faça a sua inscrição, restam poucas vagas!

4a. Feira Cultural, que festa!


No sábado, dia 11/06, foi realizada a quarta edição da Feira Cultural, Turística e Gastronômica dos Bairros Cota em Cubatão. Além das tradicionais comidas típicas da região, como a cocada, a festa contou com a exposição e vendas de artesanato local e shows de artistas da cidade e região.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Realizada pela CDHU e organizada do PROJETO COM COM, a cada ano a Feira tem se concretizado como um evento de confraternização e aproximação entre os moradores, artistas e trabalhadores que atuam nos Bairros Cota. Além de um espaço de descontração, a festa também proporciona a divulgação de importantes trabalhos que vem sendo realizados como o Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar, as atividades desenvolvidas pelo NESDEL, Ateliê Arte nas Cotas, Cota Viva, TBC (Turismo de Base Comunitária) e também as atividades de comunicação comunitária desenvolvidas pelo PROJETO COM COM.

 

Com atrações para os adultos e crianças, como: oficina de bolha de sabão, oficina de estêncil, pintura artística no rosto, circuito de Turismo de Base Comunitária, oficina de bolha gigante, espetáculo de teatro e shows contemplando os mais variados gêneros musicais a feira proporcionou aos participantes nove horas de programação intensa.

 

Agradecemos a presença de todos que dançaram a quadrilha, se divertiram, assistiram a programação e esquentaram essa noite se sábado com a gente no Jardim Europa, na cota 200!

 

Até a próxima Feira!

 

Celebrando a Semana Nacional do Meio Ambiente


Vivendo nos bairros Cota, o mais belo quintal da Serra do Mar, é impossível não se deparar com tamanha beleza o tempo todo. Com flora e fauna únicas, nossa região se destaca pelo peculiar ecossistema que a cerca. Mas nesta semana tudo isso tem uma leitura diferente e profunda.

 

Meio Ambiente01

 

A Semana Nacional de Meio Ambiente nos leva a várias reflexões, entre elas a mais importante: quem sou eu no processo de recuperação ambiental?

Transformação requer estudo do meio. Analisando a presença do homem, que interage diretamente no ambiente onde vive, é possível discutir as relações e estabelecer uma plena convivência entre esses elementos.

Meio Ambiente02

A Semana do Meio Ambiente nos faz repensar a importância da consciência coletiva, pondo em prática todas as possibilidades. Mobilizando quem abraçou o potencial natural local e as novas gerações sobre a grandiosidade do que nos cerca o pensamento se amplia e toma proporções inimagináveis.

Todos juntos para um bem comum transformando o mundo ao seu redor, caminho mais fácil para o entendimento e preservação dos recursos naturais.

Rádio Com Com no ar!


Obaaaa, tá chegando a nova casa da Rádio Com Com!

CONVITE

Estreiou hoje o site da Rádio Com Com, que concentra além da produção das Cotas através do programa “Voz do Morro”, do bairro Pinheiro do Miranda em Cubatão, e o “Pimentas no Ar”, produção da turma de Rádio do Com Com lá de Guarulhos.

Vai lá, dá uma conferida na nossa programação e sintonize com sua família e amigos!

http://www.radiocomcom.com.br/